Tesouro Direto: O Que é e Como Investir?

O nome não tem nada a ver com a coisa maravilhosa que deve ser possuir um tesouro. Imagino logo uma caixa de madeira, cheia de moedas de ouro!! Que maravilha!!

bau_do_tesouro_desenho_1

Mas, apesar de não ser exatamente isto, as alternativas disponibilizadas pele Tesouro Direto são realmente excelentes investimentos.

Caramba, para de enrolar!!!! Afinal de contas, o que é e o que significa investir neste tal de Tesouro Direto?

Tá bom, tá bom, vamos lá…

Tesouro Direto é um programa do Governo Federal, representado pelo Tesouro Nacional em parceria com a BMF Bovespa, para que as pessoas físicas possam emprestar dinheiro ao próprio Governo Federal em troca de um rendimento de mercado.

Tudo bem até aqui? Acho que sim, né? Claro que não!!!! Eu, emprestar para o Governo? Tá maluco? Isso é muito arriscado!!!!

calvin_assustado

Calma, não é tão arriscado não. Na verdade, o Governo Federal é a instituição mais sólida do país. Se ele quebrar, falir ou entrar em default, certamente os bancos também entrarão e a sua poupança ou qualquer investimento em seu banco estarão em risco também. Mas, vamos entender que não estamos falando de risco de volatilidade (como o risco de aplicar em ações de empresas) e sim de risco de você não receber seu dinheiro de volta quando quiser retirar.

Então tá. Entendi que não é mais arriscado do que investir em qualquer banco. Na verdade é menos arriscado. Mas o que é afinal este tipo de investimento?

Bom, o investimento no Tesouro Direto é classificado como um investimento em Renda Fixa, exatamente como aqueles que o Gerente do banco em que você tem conta te oferece, mas certamente com rendimento muito melhor.

Melhor??? Por quê??? Porque o Governo não te cobra a tal da Taxa de Administração, que os bancos cobram para aplicar o seu dinheiro e conseguir um rendimento bem próximo do… Tesouro Direto!!!!

homem_com_raiva_desenho_1

Ah, peraí… Você quer dizer que o meu banco me cobra uma taxa, que pode ir de 1,5% a 4,0% ao ano, para obter um rendimento bruto igual ou pior ao do Tesouro Direto???

Pois é. E ainda tem um tal de “come-cotas”, que abate a sua quantidade de cotas a cada seis meses, com antecipação do Imposto de Renda que o Fundo deve recolher por você.

Mas o Tesouro não me cobra nada??? Também não é assim. Para aplicar no Tesouro você tem que ter sim, uma conta em banco ou corretora e a BMF Bovespa te cobra 0,3% ao ano de taxa. Ou seja, você pagará uma taxa de administração que seu banco ou corretora irá te cobrar (já adianto que não passa de 0,5% ao ano e que em várias corretoras este valor é ZERO) e os 0,3% ao ano da BMF Bovespa. Isto quer dizer, no máximo 0,8% ao ano. Bem melhor, certo???

Então, vamos nos aventurar no Tesouro Direto??? Vale a pena!!!!

Em nossas conversas futuras vamos tratar dos tipos de títulos disponíveis e como eles te remuneram.

Um abraço e até a próxima.