Por Que Eu Devo Investir (Parte 2)?

Oi pessoal, vocês leram o texto anterior sobre a questão da dúvida cruel sobre Por que Eu Devo Investir? Se não leram, acessem, porque tem alguns insights legais sobre o tema.

Hoje vamos pensar mais um pouco sobre o assunto, não apenas pensando na aposentadoria quando tivermos este direito pelo INSS, mas sim para realizar sonhos e mais rapidamente.

Quem nunca pensou em se aposentar e poder viajar para conhecer lugares sonhados, ou quem sabe em não esperar para se aposentar para poder realizar algum(ns) sonho(s)?

menino_sonhando_1
Mas eu gostaria de deixar algo bem claro para vocês: sempre que falarmos de realizar sonhos, não vamos falar, por exemplo, em acertar os números de uma loteria, tipo Mega-Sena, Loto-Fácil ou qualquer outro tipo de loteria.

Não que esta não seja uma forma de ganhar dinheiro suficiente para se aposentar mais cedo ou de antecipar a realização de sonhos.

Não é esta a questão. Não vamos falar sobre isto porque não queremos tratar aqui de sorte e sim de INVESTIMENTOS que farão com que você consiga ter mais dinheiro lá na frente do que você teria ao não economizar ou ao simplesmente colocar os seus recursos atuais e as suas futuras poupanças na CADERNETA DE POUPANÇA.

O gráfico abaixo ilustra de forma clara a diferença entre colocar seu dinheiro na Caderneta de Poupança e em um investimento de renda fixa que renda apenas 2,5% ao ano a mais do que a própria Caderneta de Poupança. O investimento inicial é de R$ 10.000,00, sem nenhum novo depósito, o rendimento da Caderneta de Poupança é de 6,0% ao ano e do Fundo de Investimento em Renda Fixa é de 8,5% ao ano, já descontados o IR de 15,0% e as possíveis taxas de administração do Fundo.

grafico_poupanca_x_fundo

Pelo gráfico acima, podemos chegar a alguma conclusões.

A primeira é que, nas condições descritas, em um período de 30 anos você teria um patrimônio de R$ 115 mil se tivesse aplicado no Fundo e de R$ 57 mil se tivesse deixado na Caderneta.

É isto mesmo!!!! Teria o DOBRO do valor no Fundo, em comparação com a Caderneta.

Uma segunda é que você teria um rendimento total de 1.056% no período!!!!

Tudo bem, R$ 115 mil não vai deixar você em uma situação excelente ao se aposentar, mas primeiro você colocou apenas R$ 10 mil, sem nenhum depósito adicional no período e o cálculo e o gráfico servem para demonstrar que, ao decidir procurar um rendimento um pouco melhor do que o da Caderneta de Poupança, você pode simplesmente ter o dobro do patrimônio investido ao final de 30 anos ou 60% a mais ao final de 20 anos. E isto não deve ser desprezado!!!!

Mas temos outras conclusões importantes, que também ajudam a responder à pergunta “Por que eu devo investir?”: se você não investir os seus R$ 10 mil, você terá R$ 10 mil ao final de 30 anos (certamente este valor não valerá grande coisa lá na frente porque a inflação comerá boa parte dele), sendo que se investir no Fundo que está em nosso exemplo (que está longe de ser a melhor opção disponível no mercado), terá R$ 115 mil, ou seja, R$ 105 mil a mais.

Já no caso de você investir ao invés de gastar com qualquer outra coisa, terá R$ 115 mil ao invés de R$ 0,00. Me parece um bom negócio.

Mas, ao investir, você também deve procurar o melhor rendimento para o dinheiro que você, afinal de contas, suou para ganhar e economizar.

E este é mais um gatilho para você começar a investir: quanto mais você investe e aprende a investir (fazendo cursos, debatendo em fóruns, praticando, etc), maior será a possibilidade de você conseguir melhores retornos para seus investimentos. E aí, realmente você pode antecipar e realizar sonhos que não realizaria se não tivesse economizado e investido o fruto dessa sua economia.

E olha que maravilha: você vai conseguir realizar os seus sonhos, sem depender da sorte financeira!!!!!

Mas, tem uma coisa: você tem que trabalhar muito para conseguir “juntar” o seu dinheiro e também se dedicar para aprender a investir este dinheiro (nem que seja apenas alguns minutos por semana). Mas é certo que vai valer a pena.

Pode acreditar: a sensação é ótima. Tem que começar para experimentar.

Ah!, também é bastante importante ter metas, tanto de economia quanto de rendimento a ser atingido, mas isto é para uma próxima conversa…

Um abraço e até a próxima.