Os Axiomas de Zurique

O livro Os Axiomas de Zurique foi o primeiro livro que li sobre investimentos. Por favor, não confunda livros sobre investimentos com livros sobre Economia ou Finanças. São coisas bem diferentes.

Este livro é bem legal para quem está iniciando e quer ou precisa de um incentivo para prosseguir no caminho de se tornar um investidor de carteirinha.

De acordo com o site significados.com.br, “Axiomas são verdades inquestionáveis universalmente válidas, muitas vezes utilizadas como princípios na construção de uma teoria ou como base para uma argumentação. A palavra axioma deriva da grega axios, cujo significado é digno ou válido. Em muitos contextos, axioma é sinônimo de postulado, lei ou princípio”.

No caso dos Axiomas de Zurique, o próprio autor diz que os Axiomas de Zurique são “12 profundas e misteriosas regras para se assumirem riscos”.

O livro fala começa falando da Suíça, a terra natal do autor (Max Gunther), que é um país pequeno, com clima e topografias inapropriados para a agricultura e pobre em riquezas naturais, mas apesar disto tudo tem uma das rendas per capita mais altas do mundo.

De acordo com Gunther, os suíços conseguem esta proeza porque são “os investidores, especuladores e jogadores mais espertos do mundo”. Ou seja, mesmo sem a ajuda da natureza, os suíços conseguem atingir a riqueza, via investimentos.

É interessante também ver como ele trata todo o tipo de investimento como especulação, logo todos os investidores como especuladores.

O Que Encontrar No Livro


O livro se divide em 12 Grandes Axiomas e 16 Axiomas Menores, é de fácil leitura e contém ensinamentos interessantes. Não te dá dicas de operacionalização das dicas de investimentos (que, como citei acima, ele chama de especulações), mas tem conceitos interessantes.

Também vai te ajudar a ter mais vontade de investir, conta histórias e fala de investidores e especuladores conhecidos na história dos investimentos.

Mas não procure técnicas de investimento nesta obra literária. Não é exatamente para isto que ela serve, e sim para que você conheça cada vez mais os conceitos abordados por investidores espalhados pelo mundo.

Pessoalmente não concordo com uma parte do que está escrito no livro, mas também não sou o dono da verdade. Não concordo principalmente na questão da concentração, ou em evitar a diversificação e na afirmação de que todos os investidores são, na verdade especuladores.

Em contrapartida, concordo com outras abordagens, como o que ele chama de Armadilha do Historiador, com a questão de que Até Parecer Ordem, o Caos Não É Perigoso, com as Ilusões da Correlação e da Causalidade, dentre outras.

Resumo


Divirta-se com a leitura deste livro. Vale a pena lê-lo e relê-lo de vez em quando.

É um livro pequeno e que pode sim ajudá-lo, principalmente nas questões que envolvem a psicologia dos investimentos, apesar de não ser uma obra voltada para isto.

Não tome tudo o que está escrito nele como verdade e saia aplicando em seus investimentos, mas não é um problema partir dele para se especializar mais e buscar cada vez mais informações acerca da sua vida financeira.

Ler sempre vale a pena. Com o tempo e com a experiência, você vai conseguir filtrar as atitudes a serem tomadas e sempre vai aprender coisas novas. Nunca cometa o erro de não querer saber de novidades, pois elas podem ser te ajudar a transpor barreiras que te separam da riqueza.

Bons investimentos e até a próxima.

 

Dúvidas, críticas, elogios ou sugestões? Escreva para nós no e-mail contato@investimentusbrasil.com.br. E não deixe de se cadastrar abaixo, temos conteúdos exclusivos para você.

CONTEÚDO EXCLUSIVO !

Insira o seu e-mail abaixo para receber GRATUITAMENTE os nossos conteúdos EXCLUSIVOS de recomendações e análises de investimentos.>