Ações: Formas de Analisá-las

Em um texto que abordava Renda Variável, eu escrevi que “dentre as várias, talvez centenas de formas de se investir, a renda variável certamente é a mais apaixonante”. E eu penso exatamente isto.

Mas, descendo um pouco mais o nível, eu acredito que as Ações de Empresas são a forma de investir mais apaixonante dentre as opções mais apaixonantes.

Pois é: eu tenho verdadeira adoração por possuir ações de empresas.

Mas, de forma resumida, o que são exatamente ações? São ativos que representam pedaços de empresas e a forma mais fácil de compra-las é por meio de uma Corretora de Valores.

Como Analisar o Preço das Ações?


Esta é uma pergunta fácil de se responder, mas que necessita bastante tempo de estrada para se operacionalizar.

Existem duas formas bastante difundidas para se atingir este objetivo: a Análise Fundamentalista e a Análise Técnica.

Análise Fundamentalista:


Na análise fundamentalista se estudam os fundamentos da empresa, como Lucros, Dívidas, Geração de Operacional de Caixa (EBITDA, em Inglês), Geração de caixa, etc.

Também são utilizados diversos indicadores, como Preço/Lucro, Dívida Líquida/EBITDA, Dívida Líquida/Patrimônio Líquido, Dividend Yield, etc.

O maior difusor de ensinamentos deste tipo de análise é o Benjamin Graham, autor do Best Seller O Investidor Inteligente, e o investidor mais conhecido hoje em dia é o Warren Buffett, considerado por muitos o maior investidor em Ações de todos os tempos e conhecido como o Mágico de Omaha (sua cidade natal).

Análise Técnica:


Na análise técnica, são utilizados gráficos para se tentar prever a tendência futura dos preços das ações.

Também neste tipo de análise são utilizados indicadores como Médias Móveis, Envelopes de Médias Móveis e alguns mais sofisticados como MACD e Estocástico dentre muitos outros.

O tipo de gráfico mais utilizado é o de candlesticks, que são figuras similares a velas e que também geram análises em torno de suas formações.

Existem vários autores de livros sobre o tema, tanto no Brasil como em outros países e seu uso é muito difundido.

Como Eu Gosto de Analisar:


Eu me sinto mais confortável utilizando a combinação dos dois tipos de análises. Utilizo a Análise Fundamentalista para analisar a situação dos fundamentos da empresa e a Análise Técnica para me ajudar a obter um ponto de entrada legal na operação.

Por Que as Imagens do Touro e do Urso no Início do Texto?


Bom, o Touro é um animal que ataca suas presas jogando-as para o alto com seu chifre, por isso representa um dos lados do mercado, que é das pessoas que estão comprando e tentando jogar os preços para cima.

Já o Urso, que tenta abater suas vítimas jogando-as para baixo com suas patas dianteiras, logo representa o outro lado do mercado, que está vendendo as ações e jogando os preços para baixo.

É isto mesmo! No mercado de ações diz-se que existe uma luta permanente entre Touros (tentando jogar o mercado para cima) e os Ursos (tentando jogar o mercado para baixo).

Recomendação:


Antes de se aventurar neste mundo maravilhoso das ações, prepare-se e comece sempre com uma pequena porção de sua carteira de ações, para que se acostume com a volatilidade deste mercado.

E não se esqueça pense sempre em comprar EMPRESAS e não AÇÕES. Utilize a análise que preferir (Técnica ou Fundamentalista ou combine as duas) e não tente ganhar dinheiro rápido. A paciência, quando combinada com uma estratégia bem montada e sem mudança nos fundamentos, é o melhor investimento.

Bons investimentos e até a próxima.

 

Dúvidas, críticas, elogios ou sugestões? Escreva para nós no e-mail contato@investimentusbrasil.com.br . E não deixe de se cadastrar abaixo, temos conteúdos exclusivos para você.

CONTEÚDO EXCLUSIVO !

Insira o seu e-mail abaixo para receber GRATUITAMENTE os nossos conteúdos EXCLUSIVOS de recomendações e análises de investimentos.>