9 Erros Mais Comuns Do Investidor

Oi pessoal, neste artigo vamos abordar um tema bastante importante: Quais os 9 erros mais comuns entre os investidores.

Primeiramente vamos qualificar quem nós tratamos de investidor. O investidor, para nós, se trata de pessoa física ou jurídica que se utiliza de instrumentos financeiros, compra, vende ou aluga imóveis ou investe diretamente em empresas (adquirindo participações nas mesmas, via bolsa de valores ou em transações societárias em empresas de capital fechado).

Não estamos excluindo desta nossa abordagem as pessoas que praticam, por exemplo, day-trade na bolsa de valores, que é uma operação altamente especulativa, mas que no nosso entender também pode ser qualificado como investimento. Apesar de não entendermos que esta seja a melhor forma de construir patrimônio ao longo do tempo.

Após esta breve introdução, vamos ao que entendemos que sejam estes 9 erros mais comuns entre os investidores.

Erro 1: Não ter controle sobre seus gastos mensais. Este erro é bastante comum e impacta diretamente o seu patrimônio futuro.

Se você não sabe quanto vai ter de gastos em determinado mês (obviamente sem considerar imprevistos), você não sabe quanto você tem disponível para investir.

Na verdade este é um erro até mais grave, porque se você não sabe quanto gasta normalmente em um mês, na verdade não sabe nem se gasta mais ou menos do que ganha, mas isto é para uma próxima conversa.

Erro 2: Aplicar seu dinheiro sem antes liquidar suas dívidas no cheque especial ou em qualquer outro tipo de dívida com juros. Este tipo de erro também é bastante grave, porque é muitíssimo improvável que você encontre qualquer tipo de aplicação convencional que tenha rendimento maior do que os juros de suas dívidas.

Isto faz com que você perca dinheiro com seu investimento. Sem dúvida, antes de começar a investir você deve resolver suas dívidas.

Erro 3: Achar que com pouco dinheiro inicial não é possível chegar a lugar algum. Este erro é comum. Mas o seu maior problema não é o conceito. Realmente com pouco dinheiro inicial e sem nenhum novo aporte, é difícil chegar a valores significativos no futuro.

Mas o efeito de começar a investir, mesmo que com pouco, é muito poderoso, pois começando com R$ 100,00 (no Tesouro Direto é possível começar a investir com apenas R$ 30,00) e tendo a disciplina de investir todos os meses, mais ou menos do que este valor, você adquire o hábito de investir e este hábito é fundamental para garantir seu futuro, em termos financeiros.

Erro 4: Investir sempre nas dicas de seu gerente de banco. O gerente do seu banco pode sim ser seu aliado, mas você não deve temê-lo, sob o risco de fazer maus investimentos.

Como todos os funcionários de empresas privadas, o gerente da sua conta no banco tem metas, logo tem sim interesse em que você tenha seu dinheiro investido todo no banco aonde ele trabalha e tem sempre a tentação de te indicar o produto financeiro que a direção do banco está cobrando como meta.

Para que o gerente de seu banco seja seu aliado, você precisa se informar sobre cada tipo de investimento possível e questioná-lo sobre todas as suas dúvidas, sem simplesmente aceitar a sugestão dele como a melhor.

Erro 5: Ter medo de abrir conta em uma Corretora. As corretoras de valores são excelente opção para investir seu dinheiro. Normalmente possuem mais produtos de prateleira e cobram taxas de administração bem mais aceitáveis do que os grandes bancos.

Para se ter uma ideia, enquanto grandes bancos cobram taxas de até 2,0% ao ano para que você possa investir no Tesouro Direto pela sua plataforma, em algumas corretoras esta taxa é ZERO. Isto mesmo. Você passa a ganhar 2,0% ao ano somente por investir por uma conta de uma corretora.

Erro 6: Não diversificar seus investimentos. Existe uma máxima no mundo dos investimentos (é verdade que nem todos concordam com isto, mas…) que você não deve colocar todos os ovos em uma única cesta. Esta metáfora quer dizer que você não deve concentrar todo o seu dinheiro investido em um único tipo de investimento.

Uma carteira de investimentos deve ser composta de vários tipos de investimentos, entre eles ações, fundos de renda fixa, imóveis (pode ser via imóveis mesmo ou via fundos de ações), moeda forte (dólar), metais preciosos (o mais comum sendo o ouro), etc.

Teoricamente, uma boa carteira deveria ter todos estes instrumentos, porque alguns servem como seguro para outros (por exemplo o ouro sendo um bom seguro para as ações), mas nem sempre é possível.

O mais importante é ter a consciência da necessidade da diversificação e pesquisar quais os melhores instrumentos para cada momento das economias nacional e internacional.

Erro 7: Correr riscos fatais. Você deve sempre evitar correr riscos fatais. Investimentos muito voláteis, como opções, podem levar um investidor a perder tudo em uma única operação.

Se você não seguir o conselho que trata do erro 6 e investir todo o seu dinheiro em opções, você pode de uma hora para a outra, se ver sem nada. É isto mesmo, todo o seu dinheiro pode virar pó.

Claro que este tipo de investimento, por tratar de riscos tão altos, também pode fazer com que você fique muito rico em uma só operação bem sucedida.

E é disto que estamos falando. Se você quiser colocar o seu dinheiro em uma única operação, que de uma hora para a outra pode virar pó, por favor não faça isto com todo o seu dinheiro. Utilize uma parcela mínima, que você entenda que pode perder por completo.

Erro 8: Investir na margem. Sua corretora normalmente vai te oferecer uma margem de operação para que você possa investir mais do que possui em conta. Por favor, fuja disto.

Isto é um empréstimo que você vai ter que pagar em algum momento e não é saudável investir com uma faca apontada em seu pescoço.

Erro 9: Operar vendido. Esta é uma operação complexa, em que você pode passar a dever mais do que possui em dinheiro disponível. É uma operação complexa para quem tem muito autocontrole e na qual não vale a pena entrar sem ter uma estratégia muito bem montada e amarrada.

Por favor evite isto. Pode se tornar uma enorme dor de cabeça e fazer com que você quebre, literalmente.

Sim, existem mais erros sendo cometido por aí, a toda hora, mas estes são os que considero mais comuns e alguns podem ser fatais para seus planos.

Um abraço e até a próxima.